OutgoOutgo
A INVENÇÃO DO NORDESTE - Teatro Alberto Maranhão - 09/07/23 às 21:00 | Natal

A INVENÇÃO DO NORDESTE - Teatro Alberto Maranhão

09/07/23 às 21:00

Ingressos

Descrição

A INVENÇÃO DO NORDESTE do Grupo Carmin em sessão única no Teatro Alberto Maranhão
09/07 (domingo) - 18h
Direção de Quitéria Kelly
Dramaturgia de Henrique Fontes e Pablo Capistrano
Com Igor Fortunato, Rafael Quedes e Henrique Fontes

INGRESSOS
Plateia (assento marcado) - R$ 100,00 (inteira) e R$ 50,00 (meia)
Frisa (assento livre) - R$ 80,00 (inteira) e R$ 40,00 (meia)
Camarote (assento livre) - R$ 80,00 (inteira) e R$ 40,00 (meia)
Galeria (assento livre) - R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia)

SINOPSE
Um(a) diretor(a) é contratado(a) por uma grande produtora para selecionar um ator nordestino que possa interpretar com maestria um personagem... nordestino! Dois atores vão para a final e têm sete semanas para estarem prontos para a última fase. Durante a preparação, eles refletem sobre sua identidade, cultura, história pessoal e descobrem que ser e viver um personagem nordestino não é tarefa simples. A peça aborda o surgimento e a trajetória histórica da região nordeste, propondo a desconstrução da imagem estereotipada do nordestino.

Motivada por reações xenófobas, manifestadas na internet durante as eleições de 2014 (registradas novamente nas eleições de 2022), a atriz e diretora Quitéria Kelly encontra, na tese de doutorado do Professor Durval Muniz de Albuquerque Júnior, um ponto de partida para refletir as divisões sociais brasileiras. Durval é historiador e autor do livro: A Invenção do Nordeste e Outras Artes. Durante a pesquisa, o Carmin mergulhou nos mecanismos estéticos, históricos e culturais que contribuíram para a formação de uma visão reducionista do Nordeste brasileiro. A partir daí, Pablo Capistrano e Henrique Fontes escreveram uma autoficção onde um diretor é contratado por uma grande produtora de fora do Nordeste para preparar dois atores norte-rio-grandenses na disputa pelo papel de um personagem nordestino. Durante a preparação, a identidade nordestina entra em cheque. Afinal, existiria apenas uma identidade nordestina?

Realização Grupo Carmin
Produção BOBOX Produções
Apoio Offset Gráfica Abrasel Queijeira 504 Chocolatería Sandra Maia

IMPORTANTE: Será dada uma tolerância MÁXIMA de 15 minutos para as pessoas atrasadas, após esses 15 minutos de tolerância, não será permitida a entrada no Teatro. Lembramos que a entrada do público atrasado atrapalha a plateia que assiste ao espetáculo.

Serão beneficiários da meia-entrada, segundo a legislação pertinente (Lei Federal no 10.471/2003 Estatuto do Idoso; Decreto Federal 8.537/2015 - regulamenta a Lei no 12.933/2013 Lei da Meia Entrada, e a Lei no 12.582/2013 Estatuto da Juventude; e
Lei Estadual no 10.422/2018 Lei da Meia Entrada para Professores):

a) idosos acima de 60 anos, mediante apresentação de documento de identidade original com foto;
b) jovem de baixa renda pessoas entre 15 (quinze) e 29 (vinte nove) anos pertencente a família com renda mensal de até 2 (dois) salários mínimos, inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal CadÚnico, mediante apresentação da Identidade Jovem (documento que comprova a condição de baixa renda);
c) estudantes matriculados regularmente em instituições e/ou cursos de ensino fundamental, médio e superior, mediante apresentação de documento de identidade original com foto e Carteira de Identificação Estudantil, original;
d) professores da Rede Pública e Privada do Estado do Rio Grande do Norte, mediante apresentação de documento de identidade original e contracheque que identifique o estabelecimento de ensino empregador, o funcionário e o cargo que ocupa;
e) pessoas com deficiência pessoa com impedimento de longo prazo, de natureza física, mental, intelectual ou sensorial;
f) acompanhante aquele(a) que acompanha a pessoa com deficiência, na função de atendente pessoal.




Local

Teatro Alberto Maranhão

Praça Augusto Severo, 0, Ribeira, Natal, RN, 59012-380

Produtor

Bobox Produções

CNPJ: 18.051.347/0001-29

Tags